• João Roberto Gaiotto

As Mulheres no Off-Road

Atualizado: Jul 21


É cada dia mais frequente a presença das mulheres em nossas turmas. Não importa a idade, nossas alunas estão sempre com o astral lá em cima e jamais demonstram qualquer dificuldade em preparar um resgate com luvas, cintas e desajeitados cabos de aço.


Quando pergunto a elas o motivo de participarem de um esporte que pode fazê-las retornarem para casa completamente emporcalhadas de lama e pó, recebo justificativas diversas e interessantes. A maioria adora estar junto do companheiro em suas aventuras, podendo compartilhar um final de semana agradável junto com o marido, namorado, noivo, filhos e amigos. Outras desejam fazer grandes viagens, explorar o que há de bonito e desafiador por tantos lugares de nosso Brasil.  Enfim, adoram a natureza e fazem o possível para estar junto dela.

Também encontro mulheres que usam seu veículo 4×4, ou da empresa, para finalidades puramente profissionais, em tarefas realizadas em regiões remotas, seja como geóloga, engenheira florestal ou médica. É incrível a variedade de profissões que usam um 4×4 para se cumprir tarefas profissionais.


Não podemos esquecer os raids e as provas de rali. Existem provas só para elas, como o Raid do Batom – só para duplas femininas e Raid Romeu e Julieta – para casais, que são realizados por vários Jipe Clubes no país. No universo do rali muitos pilotos estão mostrando a que vieram, em grandes provas nacionais como o Rali dos Sertões e mesmo lá fora temos todo ano intrépidas pilotos em provas duríssimas como o Rali Dakar e o extinto Camel Trophy.


E os homens, o que pensam delas praticando off-road? Veja isto. Em um dos cursos off-road que ministramos, um atoleiro respeitável tragou todos os carros conduzidos pelos homens. Chegou a vez da primeira aluna e é claro que a rapaziada de plantão começou a preparar as cintas para o resgate eminente. Ela engatou a marcha correta, entrou com firmeza e foi a primeira a passar sem resgate depois que nove marmanjos encalharam com maestria inimitável. Não deixou barato!


Já ouvi comentários de que as mulheres não conseguem carregar peso, que isto é coisa para a força masculina. Não concordo, depende da limitação física de cada um. Saibam que quando se precisa mesmo aplicar força física em uma trilha, poucos têm condições de ajudar, já que problemas diversos de saúde, verdadeiros ou não (!), são um álibi para desobrigar alguns rapazes a pegarem no pesado. Nestas horas aparece uma mulher da turma para dar uma força a mais e suprir a falta de mão de obra, ocasionada pelos machos “quebrados”.


O recado para elas é o seguinte: bem-vindas e não tenham nenhum receio, as aventuras 4×4 têm graus de dificuldades para todos os gostos, não é verdade que toda viagem ou trilha tenha que ser radical e complicada.

Existem infinitas alternativas de viagem que vocês podem fazer sozinhas, tranquilamente com amigas e filhos e voltar pra casa cheias de histórias e fotos para mostrar.


Saber a condução 4x4 também é uma questão de estratégia de segurança em passeios e viagens longas. Se o parceiro ficar impossibilitado de conduzir o veículo, a companheira pode dar conta do recado e concluir o trajeto com absoluta confiança do que precisa fazer. Para quem acabou de comprar seu primeiro 4x4 e está começando agora, recomendo sugiro se inscrever hoje mesmo em nosso Curso Técnica 4×4 EAD, o mundo ficará pequeno depois de conhecer como usar sua máquina 4x4!


Artigo de: João Roberto Gaiotto

Fotos: África 4×4 / Técnica 4x4


#viagemsegura #aventurasegura #safari #brasil4x4 #suv4x4 #passeio4x4 #passeiooffroad #trilha4x4 #offroad #africa4x4 #aventuraemfamilia #cursooffroad #curso4x4 #safari #tecnica4x4 #treinamento4x4 #viagens #4x4 #condução4x4 #pratica4x4 #cursoead


0 visualização

© 2018 por Safe Drive Training Curso 4X4 LTDA. | Rua Joaquim Amaral, 973/4 | Curitiba | PR 

041 9-9934-9277 fone/Whatsapp 041 9-9540-0940 | treinamento4x4@gmail.com

Prazo de entrega da locação dos vídeos do DVD Técnica 4x4: imediato, após comprovação de pagamento